GP do Brasil de F1 2022: odds, dicas e apostas para a corrida em Interlagos

A Fórmula 1 chega a 21ª e penúltima etapa da temporada 2022 neste domingo (13/11), com o Grande Prêmio do Brasil.
Duração:
10 min
Redator:
Douglas Nunes
Publicado em:
15/11/22

A Fórmula 1 chega a 21ª e penúltima etapa da temporada 2022 neste domingo (13/11), com o Grande Prêmio do Brasil. O Campeonato já tem o título dado a Max Vertappen, mas Charles Leclerc e Sergio Pérez ainda disputam o 2º lugar.

Veja mais sobre esta disputa e as odds de outros mercados para a corrida no circuito de Interlagos, em São Paulo.

O GP do Brasil

O Grande Prêmio do Brasil existe desde 1972, com a corrida entrando no calendário da Fórmula 1 já no ano seguinte. No entanto, nem sempre a disputa aconteceu no circuito de Interlagos.

Em 1978 e entre 1981 e 1989 a prova foi disputada em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro. Desde 1990, São Paulo passou a receber a corrida e nunca mais deixou de ser a sede da F1 no país.

Maiores vencedores

Emerson Fittipaldi ganharam três vezes cada.

No entanto, quando se trata apenas da disputa no circuito de Interlagos, as posições mudam consideravelmente. Neste cenário, Schumacher é o grande vencedor, com quatro triunfos.

Outro alemão, Sebastian Vettel aparece na segunda posição, com três vitórias. Ele divide o posto com Lewis Hamilton. Depois tem Ayrton Senna, Mika Hakkinen, Juan Pablo Montoya, Felipe Massa, Mark Webber e Nico Rosberg com dois triunfos cada.

Destes, somente Hamilton e Vettel estarão na pista nesta edição.

Últimas edições

Nas últimas cinco corridas realizadas em Interlagos, Lewis Hamilton saiu vitorioso em três e pontuou em outras duas. Ele é o grande nome, portanto, do GP do Brasil atualmente.

No ano passado, ele conseguiu vencer com 10 segundos de vantagem para o rival Max Verstappen.

O holandês, inclusive, também não tem do que reclamar de São Paulo. Das últimas cinco provas no local, somente em uma Verstappen não alcançou o pódio, foi em 2017.

Outro destaque das corridas recentes é Valtteri Bottas. Apesar de uma trajetória instável, o finlandês conseguiu chegar ao pódio em duas oportunidades em Interlagos.

Desempenhos recentes

O domínio das últimas corridas é total da Red Bull Racing. A equipe ganhou todas as cinco etapas recentes, seja com Verstappen ou Sérgio Perez. Em duas dessas provas, a RBR conseguiu inclusive colocar os dois pilotos no pódio.

Além da dupla, Charles Leclerc, com quatro pódios, e Lewis Hamilton, com dois, também demonstram que estão em boa fase. Situação bem diferente de George Russell, que sequer foi ao pódio nas últimas quatro etapas e Carlos Sainz Jr, que abandonou duas vezes.

Apostas na Fórmula 1

Com grande atenção dos fãs, especialmente do público brasileiro, o Grande Prêmio do Brasil tem um bom destaque. Isso faz com que as pessoas busquem mais fazer palpites nas casas de apostas esportivas. Por isso, você confere agora os principais mercados para esta corrida. 

Sprints

Apesar de ser possível fazer apostas nos treinos classificatórios, a primeira grande opção de aposta é na corrida Sprint, que acontece no sábado (12/11). São corridas mais curtas, de 100 km, e que tem duração de menos de até 30 minutos.

Max Verstappen é o mais cotado para esta disputa, com odds de 1.66, enquanto Charles Leclerc dá 2.50.

Vitória no GP do Brasil

Para a corrida principal do GP do Brasil, o grande favorito nas casas de apostas também é Max Verstappen. O holandês está cotado em 1.44 para 1.00, o que indica uma superioridade enorme sobre os concorrentes.

A explicação para isso é muito simples. Verstappen ganhou 14 das 20 corridas disputadas na temporada. Ganhou todas as últimas três provas disputadas e além disso tem bom histórico no Brasil.

O principal rival do holandês é Lewis Hamilton, cotado em 6.50 para 1.00. O britânico aparece neste segundo lugar basicamente devido ao retrospecto em Interlagos, com três vitórias. Isso porque na temporada, Hamilton deixa a desejar e ainda não ganhou nenhuma corrida até aqui.

Porém, vale destacar que ele vive uma evolução, com dois segundos lugares nas duas últimas corridas.

Outro nome que vale ficar de olho é Charles Leclerc. Este sim demonstra mais condições, pois venceu três das seis etapas que Verstappen não conseguiu ganhar.

Como ele disputa o vice-campeonato, o feito é possível e paga 7.00. Sergio Perez (11.00), George Russell (15.00) e Carlos Sainz (26.00) correm por fora. Destes, só Russell não venceu no ano. Qualquer outro nome é zebra e paga mais de 100.00 

Pódio

Como a aposta no vencedor exige uma precisão maior, a alternativa do pódio é interessante. Afinal, neste caso você ganha se o piloto terminar em qualquer uma das três primeiras posições.

Neste caso, novamente Max Verstappen é o mais cotado, com odds 1.20 para 1.00. O holandês chegou ao pódio em 16 das 20 etapas do ano.

Leclerc e Hamilton também aparecem com destaque, com odds de 1.57.  Como dissemos, o britânico ficou em segundo nas últimas duas corridas e por isso traz esta cotação.

Já o piloto da Ferrari traz uma regularidade ainda mais impressionante. Ele alcançou o pódio em cinco das seis provas recentes.

Você ainda pode apostar em Sergio Perez (1.83), George Russell (2.62) e Carlos Sainz (4.33), que são nomes que aparecem com condições de brigar. Além desses, somente Lando Norris conseguiu alcançar um pódio na temporada. A repetição do feito dele paga 21.00 para 1.00. Qualquer outra zebra tem odds ainda maiores. 

Pontuação

Já se você busca um mercado com probabilidade ainda maior de acerto o caminho é apostar que determinado piloto vai ficar na zona se pontuação. Ou seja, para isso, basta que ele termine nas 10 primeiras colocações.

Desta forma, quando falamos dos seis primeiros colocados, basicamente só precisa torcer para que eles não abandonem. Afinal, se ficarem na pista é quase improvável terminarem em posição inferior.

Prova disso é que Verstappen e Hamilton dão 1.12 para 1.00, enquanto Leclerc, Perez e Russell rendem 1.14. Já Carlos Sainz paga 1.20 se ficar no top 10.

Destes, somente Hamilton ficou uma corrida fora das 10 primeiras colocações. Todos os demais somente em casos de acidente ou problemas no carro. 

Equipe vencedora

Além dos pilotos, na Fórmula 1 você também pode apostar nas equipes. Portanto, você passa a ter duas chances de acertar, pois serve qualquer um dos dois pilotos da construtora.

Nesta temporada, por exemplo, a aposta fica ainda mais provável de acertar, pois a Red Bull Racing ganhou 16 das 20 corridas. Caso repita a dose em Interlagos rende 1.33 para 1.00.

A segunda mais cotada é a Mercedes, com odds 5.00. Porém, isso se deve mais ao talento de Lewis Hamilton, pois a construtora ainda não venceu nenhuma corrida em 2022.

Mais atrás está a Ferrari, cotada em 6.00. A equipe italiana tem quatro triunfos no ano.

Outros mercados

O catálogo da Fórmula 1 é bem amplo e você ainda pode fazer várias outras apostas no GP Brasil. Entre as possibilidades está indicar quem vai fazer a volta mais rápida, se terá safety car ou qual o primeiro carro a abandonar.

Você pode também apostar em disputas dentro de cada equipe, selecionando se um piloto chegará na frente do companheiro.

Temporada 2022 de Fórmula 1

A temporada 2022 da Fórmula 1 chega a penúltima rodada e a disputa está quente pelo segundo lugar, além da briga dentro das equipes. Confira um pouco mais sobre isso nesta sequência e também os mercados de outrights.

Classificação

Max Verstappen tem 416 pontos e já é o campeão da temporada 2022 da Fórmula 1. Porém, a briga entre Sergio Pérez e Charles Leclerc está acirrada, com os pilotos se revezando no segundo lugar.

Por isso, este é um mercado que vale observar, pois é possível apostar na classificação de pilotos sem Verstappen. Ou seja, indicar quem vai ficar com o vice-campeonato.

O mexicano neste momento aparece em vantagem, com 280 pontos. Por isso, é o mais cotado, com odds de 1.72 pelo feito, que pode inclusive ser alcançado já nesta corrida.

Leclerc, por sua vez, está mais atrás, com 275 pontos. Caso ele consiga ficar na frente de Pérez após estas duas corridas, rende 2.00.

Classificação de construtores

A disputa de construtores segue o mesmo exemplo. A Red Bull Racing já garantiu o título ao chegar a 696 pontos. A disputa agora fica entre Ferrari e Mercedes, que está mais desequilibrada.

Isso porque a equipe italiana tem 40 pontos de vantagem e caso termine com os dois carros na frente no Brasil já resolverá a disputa. Tanto, que tem odds de 1.20 para ficar como a segunda melhor equipe da temporada. Já a virada da Mercedes paga 4.33.

Porque apostar no GP do Brasil de Fórmula 1?

A Fórmula 1 já é uma das principais atrações do automobilismo. Só que o GP do Brasil deste ano traz a emoção dobrada, afinal, terá a corrida sprint no sábado e a prova tradicional no domingo. Portanto, são dois mercados para apostar com odds competitivas.

Escrito por:

Douglas Nunes

Jornalista e historiador apaixonado por esportes desde sempre. Seja para assistir, escrever ou jogar video-game, o futebol é seu assunto prioritários todos os dias.

Seja o primeiro a comentar