Futebol brasileiro tem mais de 100 jogos com suspeitas de manipulação de resultados

As apostas esportivas estão em alta, mas com isso muitos aproveitadores tentam ganhar vantagem.
Duração:
3 min
Redator:
Wesley Contiero
Publicado em:
29/11/22

As apostas esportivas estão em alta, mas com isso muitos aproveitadores tentam ganhar vantagem. Dessa forma, o futebol brasileiro passa por algumas partidas com suspeita de manipulação de resultados. A maioria delas é a compra de jogadores para realizarem determinada ação dentro do jogo e favorecer aos apostadores com acertos em entradas improváveis.

Uma agência de monitoramento de apostas esportivas em âmbito mundial, a Sportradar, identificou até o meio de outubro de 2022 mais de 130 partidas no futebol brasileiro que se enquadram nessa situação. Os golpistas procuram mais por ligas inferiores, onde a cobertura da mídia não tem muita evidência e se torna mais fácil camuflar os jogos. Com isso, jogos do Campeonato Brasileiro da Série D e competições estaduais aparecem na lista.

Levando em conta o estudo geral, em quase 90 países, são mais de mil jogos com suspeita em 2022, superando os 905 casos registrados pela mesma empresa em 2021. Como existem cláusulas confidenciais de contrato, a empresa não pode revelar quais as partidas. É importante destacar que as suspeitas não estão apenas ligadas ao futebol, mas sim a 12 modalidades diferentes.

Empresa atua no Brasil desde 2016

A Sportradar está no Brasil desde 2016, quando assinou um acordo com a CBF para monitorar as suas competições, além de alguns acordos com federações espalhadas pelo país. Um deles é a FCF, a Federação Cearense de Futebol, que teve o Crato, lanterna da competição, punido e excluído após suspeitas.

Além disso, existiram denúncias no futebol amazonense, em um jogo do Atlético Amazonense. Na ocasião, o jogador Júlio Campos marcou um gol contra aos 44 minutos, chamando a atenção pela forma que aconteceu. A equipe dispensou o atleta no dia seguinte e o mesmo recebeu uma punição de 300 dias, além do pagamento de R$ 25 mil.

Pouco depois o presidente do clube, Henrique Barbosa, acabou banido pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Amazonas, além de receber uma multa de R$ 100 mil por suspeita de participação em manipulação de resultados.

Outras denúncias foram feitas, algumas delas no futebol paulista, em jogos da Segunda Divisão, equivalente à quarta divisão do Paulistão.

Problema também acontece fora do país

O futebol inglês também foi vítima de suspeitas envolvendo manipulação de resultados. Ivan Toney, atacante que defende o Brentford, recebeu uma acusação grave, de quebra de 232 regras de apostas entre 2017 e 2021, de acordo com a Federação Inglesa.

Vale destacar que as apostas esportivas são proibidas para os atletas na Inglaterra, portanto, eles não podem fazer entradas em resultados, escolha de treinadores e transferências. Além disso, claro, não podem repassar informações privilegiadas para outras pessoas.

Escrito por:

Wesley Contiero

Seja o primeiro a comentar