A briga pelo acesso no Brasileirão Série B

Todo mundo quer saber e acompanhar como está a Série A do Brasileirão, não é verdade?
Redator:
Rafael Dornas
Publicado em:
26/09/22

Todo mundo quer saber e acompanhar como está a Série A do Brasileirão, não é verdade? Mas, muitas vezes, a briga pelo acesso e pelo título da “segundona” também é divertidíssima e muito equilibrada.

“Equilíbrio”, no entanto, não seria a melhor palavra para definir a Série B desse ano. Isso porque o Cruzeiro disparou na tabela e já praticamente garantiu o seu retorno à elite do futebol brasileiro.

Mas, como está a disputa pelas outras três vagas restantes no grupo dos quatro melhores do torneio?

A briga pelo acesso no Brasileirão Série B 

O Cruzeiro não só praticamente está de volta à Série B do Brasileirão, mas ele também está muito perto de garantir o título. A 31ª rodada da competição se iniciou em 20/9 e vai até 26/9, caso o Cruzeiro vença o Vasco (21/9), a Raposa já garante o acesso.

Quando essa reportagem foi escrita (21/9), faltavam algumas horas para o grande duelo entre o Cruzeiro e o Vasco. O clube cruzmaltino, inclusive, também sonha em retornar para a elite do futebol brasileiro, mas corre sérios riscos, já que está em 4º lugar, a apenas três pontos do Londrina.

Os primeiros colocados da competição, até aqui, são: Cruzeiro (65 pontos), Grêmio (53 pontos), Bahia (51 pontos) e Vasco (48 pontos). Londrina e Sport, com 45 e 43 pontos até aqui, ainda sonham em conseguir o acesso nas últimas rodadas (foram disputadas 30 de 38).

A tabela da Série B

É bom avisar para quem não sabe: os quatro primeiros colocados da Série B conseguem o acesso e disputam a Série A do ano seguinte no lugar dos quatro piores colocados da Série A. Confira como está a tabela da segunda divisão do Campeonato Brasileiro até 21/9.

Posição

Clube

Jogos disputados

Pontuação

1 Cruzeiro 30 65
2 Grêmio 31 53
3 Bahia 30 51
4 Vasco da Gama 30 48
5 Londrina 30 45
6 Sport Recife 31 43
7 Ituano 30 41
8 Ponte Preta 30 40
9 CRB 30 40
10 Criciúma 30 40
11 Tombense 30 40
12 Sampaio Corrêa 30 39
13 Novorizontino 31 36
14 Chapecoense 30 35
15 Guarani 31 35
16 Vila Nova-GO 30 34
17 CSA 30 32
18 Brusque 30 31
19 Operário-PR 30 30
20 Náutico 30 27

Os quatro piores colocados são rebaixados e disputam a Série C do Brasileirão no ano que vem.

O que dizem os matemáticos

Alguns sites de estatísticas e cálculos matemáticos apontam, com porcentagens, a chance de cada clube assegurar uma vaga na Série A em 2023. Confira, na lista abaixo, quais são as probabilidades de cada clube conseguir o acesso nessa Série B.

  • Infobola: Cruzeiro (99%), Bahia (95%), Grêmio (94%), Vasco (67%), Londrina (26%), Ituano (8%), Sport (6%), Ponte Preta, CRB, Criciúma, Tombense e Sampaio Corrêa (1% cada);
  • Departamento de Matemática da UFMG: Cruzeiro (99,9%), Bahia (95,2%), Grêmio (94,5%), Vasco (60,6%), Londrina (27,9%), Ituano (7,6%), Sport (6,4%), CRB e Criciúma (1,9%), Tombense (1,6%), Sampaio Corrêa e Ponte Preta (1,2%), Chapecoense (0,075%), Novorizontino (0,011%), Vila Nova-GO (0,006%) e Guarani (0,003%).

O Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais também oferece a chance de cada clube subir se terminar a competição com uma determinada pontuação. Confira:

  • 65 pontos: 100%;
  • 64 pontos: 99,996%;
  • 63 pontos: 99,967%;
  • 62 pontos: 99,777%;
  • 61 pontos: 99,021%;
  • 60 pontos: 96,317%;
  • 59 pontos: 89,658%;
  • 58 pontos: 75,827%;
  • 57 pontos: 55,374%;
  • 56 pontos: 31,949%;
  • 55 pontos: 13,859%;
  • 54 pontos: 3,999%;
  • 53 pontos: 0,728%;
  • 52 pontos: 0,069%;
  • 51 pontos: 0,003%;
  • 50 pontos: 0%.

E a briga contra o rebaixamento? 

A maioria das pessoas se preocupa em saber quem está perto de subir para a primeira divisão, mas se esquece de uma briga dos “desesperados” na parte de baixo da tabela: a luta contra o rebaixamento para a Série C.

Nesse momento, CSA, Brusque, Operário-PR e Náutico estão “com um pé” na terceira divisão do Brasileirão, mas o Vila Nova-GO, por exemplo, ainda corre sérios riscos.

A chance de cada clube ser rebaixado, de acordo com os sites especializados no assunto, são:

  • Infobola: Náutico (94%), Operário-PR (79%), Brusque (66%), CSA (45%), Vila Nova-GO (31%), Guarani (38%), Novorizontino (27%), Chapecoense (15%), Sampaio Corrêa, Tombense, Criciúma, CRB e Ponte Preta (1%);
  • Departamento de Matemática da UFMG: Náutico (90,6%), Operário-PR (74,8%), Brusque (68%), CSA (59,2%), Guarani (37,1%), Vila Nova-GO (29,1%), Novorizontino (23,4%), Chapecoense (14,7%), Sampaio Corrêa (0,88%), CRB (0,87%), Ponte Preta (0,53%), Tombense (0,42%), Criciúma (0,29%), Ituano (0,088%) e Sport (0,015%).

Números da Série B até aqui 

O Campeonato Brasileiro Série B de 2022 se iniciou em 8 de abril e vai terminar em 5 de novembro. Até o momento, foram disputadas 302 partidas e 573 gols foram marcados – uma média de 1,9 gols por jogo. O artilheiro do torneio é Gabriel Poveda, do Sampaio Corrêa, com 14 gols.

O Cruzeiro, líder disparado da competição, tem o melhor ataque e a melhor defesa da “segundona”, com 41 gols feitos e 16 sofridos. Nenê, do Vasco, é o jogador que mais deu assistências no torneio: 7. Diego Souza é o único que fez três gols no mesmo jogo: Grêmio 3×1 Guarani (em 21/4).

As maiores goleadas foram todas por quatro gols de diferença: Bahia 4×0 Londrina (6ª rodada), Vsaco 4×0 CRB (21ª rodada), Grêmio 5×1 Operário-PR (23ª rodada), Sport 4×0 CSA (24ª rodada) e Cruzeiro 4×0 Náutico (26ª rodada).

Públicos

Os dois melhores públicos da segunda divisão de 2022, até aqui, pertencem ao Vasco. O clube carioca colocou 58.659 na vitória sobre o Cruzeiro, no Maracanã, na 12ª rodada da competição (em 12/6). No mesmo estádio, o Vasco levou 55.750 torcedores contra o Sport (16ª rodada), em 3/7.

Já os dois piores públicos pertencem ao clube mineiro Tombense, da cidade de Tombos. Os jogos foram: contra o Londrina (1 a 1), pela 30ª rodada, em 16/9, e o outro foi contra o Vila Nova-GO (0 a 0), pela 23ª rodada, em 9/8.

A volta por cima do Cruzeiro 

O Cruzeiro está na Série B do Brasileirão pelo terceiro ano consecutivo e, só agora, vai conseguir retornar à elite. O clube vivia séria crise financeira até ter 90% de sua Sociedade Anônima do Futebol vendida para o ex-atacante da seleção, Ronaldo “Fenômeno”, em dezembro do ano passado.

Desde que o clube foi vendido, as coisas mudaram: os salários passaram a ser pagos em dia e jogadores de bom custo-benefício foram contratados, como o zagueiro Oliveira e o atacante Edu.

Paulo Pezzolano

No início da temporada, quando a nova diretoria do Cruzeiro anunciou o desconhecido técnico uruguaio Paulo Pezolano, de apenas 39 anos, a torcida ficou ressabiada, mas, meses depois, ele caiu nas graças dos cruzeirenses e se mostrou um treinador muito competente.

A Raposa apresentou bom futebol em todas as competições de 2022: foi vice-campeão do Campeonato Mineiro, ao perder o título para o maior rival Atlético, chegou nas oitavas de final da Copa do Brasil – foi eliminado para o Fluminense – e é praticamente campeão da Série B. 

A Série B nas casas de apostas 

As apostas de longo prazo relacionadas à Série B do Campeonato Brasileiro, nas principais casas de apostas do mercado, são para que as pessoas tentem acertar quem será o grande campeão da competição.

Caso você acredite que o Cruzeiro ainda perderá esse título, confira, então, as odds para o título em duas das principais casas de apostas do mercado, na tabela abaixo.

Clube

Odds da Betano

Odds da bet365

Cruzeiro 1.001 1.006
Grêmio 20.00 26.00
Bahia 25.00 26.00
Vasco da Gama 1000.00 251.00
Londrina 4000.00 2501.00
Sport Recife 5000.00 4501.00
Ituano 5000.00 Sem odd

Para você os atuais quatro primeiros colocados da Série B são os clubes que irão garantir o acesso para a Série A de 2023? Ou algum outro clube ainda consegue alcançar, pelo menos, a quarta colocação? Fique de olho no Odds Scanner para mais análises e dicas de apostas!

Escrito por:

Rafael Dornas

Seja o primeiro a comentar