GP de Cingapura 2022: Verstappen será campeão?

É questão de tempo para Max Verstappen ser coroado bicampeão na F1 2022.
Redator:
Raphael Saavedra
Publicado em:
03/10/22

É questão de tempo para Max Verstappen ser coroado bicampeão na F1 2022. Porém, o holandês tem o seu primeiro “match point” no GP de Cingapura, onde pode garantir matematicamente o título.

As chances são remotas, é verdade, mas a fase do piloto da Red Bull é espetacular. Ao fim da rodada europeia, ele enfileirou cinco vitórias e encaminhou o primeiro lugar no campeonato.

Assim, não é um absurdo pensar que Verstappen pode bater Charles Leclerc e os outros rivais para ficar com a taça em Cingapura. De qualquer forma, o GP marca a volta da F1 após três semanas e traz boas oportunidades de apostas.

A seguir, veja um guia para deixar o seu palpite no GP de Cingapura e confira as melhores apostas para lucrar com a Fórmula 1 2022!

Max Verstappen pode ser bicampeão em Cingapura

Depois de uma decisão polêmica em 2021, Verstappen teve uma vida mais simples em 2022. Nem mesmo o domínio da Ferrari nas primeiras corridas foi suficiente para contestar a força da Red Bull.

Portanto, não se fala mais se Verstappen vai ser o campeão, mas sim quando ele vai confirmar a taça. De fato, o GP de Cingapura é a primeira oportunidade de garantir matematicamente o título.

Charles Leclerc e Sergio Pérez foram os pilotos que mais se aproximaram de Verstappen. Porém, o monegasco sofreu com falhas da Ferrari e o mexicano não teve a consistência necessária para bater o companheiro de equipe.

Agora, com cinco vitórias seguidas na temporada, Verstappen pode ser bicampeão se vencer a sexta. Ou seja, motivação não vai falar para o número 1 cruzar novamente a linha de chegada à frente.

Cenários de título de Verstappen

Max Verstappen depende de uma combinação de resultados para ser o campeão em Cingapura. O piloto da Red Bull leva 116 pontos de vantagem sobre Charles Leclerc, com 164 ainda a serem disputados.

Conheça as chances do holandês ser campeão na próxima corrida:

  • 1º Lugar: Leclerc deve chegar, no máximo, em 9º, e Sergio Pérez em 4º ou pior sem volta rápida;
  • 1º Lugar + Ponto Extra: Leclerc deve chegar, no máximo, em 8º, e Sergio Pérez em 4º ou pior;
  • 2º Lugar ou Pior: o campeonato segue vivo para a corrida seguinte, no Japão.

Portanto, ainda que a vitória de Verstappen seja um resultado provável, Leclerc precisa ter um desempenho desastroso para ficar na parte de trás.

Logo, a menos que o piloto da Ferrari abandone ou tenha problemas no carro, é possível que o campeonato termine somente no GP do Japão.

Red Bull sobra e Mercedes encosta na Ferrari

No início da temporada, a previsão era de que a Ferrari seria a grande força após a mudança de regulamento. Porém, nas corridas seguintes, ficou claro que a Red Bull era o time a ser batido.

Recentemente, a escuderia italiana sofreu com falhas na estratégia e perdeu pontos importantes. Se antes o foco era a Red Bull, agora a Mercedes já aparece no retrovisor, com 35 pontos de déficit na tabela de construtores.

Rainha da F1 entre 2014 e 2021, a Mercedes demorou a engrenar, mas tem a força da dupla Hamilton e Russell e melhorou bastante a performance do carro. Hoje, é uma figurinha carimbada em pódios.

Na qualificação, a Ferrari ainda leva vantagem e tem mais poles na temporada. Isso ajuda a ter melhores resultados no domingo, mas a Mercedes virou um concorrente séria e pode ser a segunda equipe em Cingapura.

Briga pelos outros lugares no pódio

Max Verstappen é um nome quase certo no pódio, a menos que o piloto da Red Bull tenha algum problema durante a corrida. Em 16 etapas, são 13 pódios conquistados.

Assim, sobram duas vagas. Charles Leclerc e George Russell dividiram o pódio com Verstappen nas duas corridas anteriores e surgem com favoritismo para repetir a dose.

Quarto lugar na Itália, Carlos Sainz Jr. não pode ser desconsiderado, porque é consistente e pilota na Ferrari. Enquanto isso, Hamilton emendou cinco pódios seguidos, mas não ficou no top 3 nas últimas três corridas.

Por último, Sergio Pérez não voltou bem das férias e fez apenas um pódio nas últimas seis corridas. O carro parece mais adaptado ao estilo de Max Verstappen, então o mexicano pode ser tratado como azarão.

No resto do grid, Lando Norris (McLaren) foi o único piloto que conquistou um pódio, com o terceiro lugar na Emilia Romagna. Porém, a equipe com mais chances de “furar a bolha” no momento é a Alpine, ainda que seja muito improvável.

Alpine e McLaren disputam quarto lugar nos Construtores

Por sinal, uma das disputas mais interessantes da F1 2022 e que poderá ser assistida no GP de Cingapura é a quarta colocação do Mundial de Construtores. McLaren e Alpine são as candidatas.

Antes dominante, a McLaren sofre com a péssima fase de Daniel Ricciardo. O australiano terminou entre os pontos em apenas quatro corridas das 16 disputadas. No momento, é o 14º na tabela, com 19 pontos conquistados.

Por outro lado, Lando Norris é o melhor do resto e está em sétimo, com 88 pontos. Só que a luta contra dois pilotos da Alpine é inglória e a equipe francesa está à frente: 125 a 107 pontos.

Esteban Ocon (66) e Fernando Alonso (59) vivem um grande momento e, mais do que o top 6, miram o primeiro pódio da escuderia na temporada.

Norris já tem o dele, mas vai precisar tirar um coelho da cartola para salvar a McLaren. Por isso, o mais provável é que a Alpine some mais pontos no geral em Cingapura.

Estatísticas Gerais do GP de Cingapura

Cingapura está no calendário da Fórmula 1 desde 2008, ou seja, já pode ser considerado um circuito consolidado. Porém, com a pandemia de Covid-19, a corrida não foi organizada em 2020 e 2021.

Veja algumas curiosidades e estatísticas sobre o GP de Cingapura na Fórmula 1!

  • O primeiro GP de Cingapura foi disputado em 1966, no circuito de Thomson Road. A corrida foi disputada até 1973, quando saiu do calendário.
  • Antes, o circuito recebeu a Fórmula 1 entre 1961 e 1965, mas como o nome de “Grande Prêmio do Oriente”. Isso ocorreu porque Cingapura só conquistou a independência em 1965.
  • Sebastian Vettel é o maior vencedor do GP de Cingapura (cinco). Ele chegou em primeiro lugar em 2011, 2012, 2013, 2015 e 2019.
  • Por sinal, o piloto alemão já anunciou a aposentadoria no fim da temporada, então essa será a sua última exibição no circuito.
  • Mercedes e Ferrari são as escuderias com maior número de vitórias (quatro para cada).
  • Desde que voltou ao calendário, todos os pilotos que venceram o GP de Cingapura são campeões mundiais: Hamilton, Alonso, Vettel e Rosberg.
  • Líder do campeonato, Max Verstappen pode ser o quinto dessa lista. O campeão em 2021 nunca conquistou a vitória em Cingapura.

Melhores mercados para apostar na corrida

A Fórmula 1 é um prato cheio para os apostadores. Em um único fim de semana, são mais de 30 mercados disponíveis nas melhores casas de apostas.

Dessa forma, você pode ir além do vencedor da corrida e apostar, por exemplo, se vai ter safety car durante a disputa.

Abaixo, separamos os principais mercados para o GP de Cingapura, com dicas de apostas para você lucrar com a F1. Veja mais!

Vencedor Final

Após cinco vitórias seguidas, as odds para a vitória de Max Verstappen caíram. Na bet365, o holandês tem 1.40 para vencer. É uma odd baixa, mas que na fase atual pode ter valor.

Nas últimas corridas, Verstappen trocou componentes do carro e largou mais atrás. Na Bélgica, por exemplo, saiu em 13º. Mesmo assim, escalou o pelotão e venceu com tranquilidade.

É de se esperar um roteiro parecido em Cingapura. Com odd 5.00, Charles Leclerc é o principal adversário. Em 2019, na última corrida no circuito, a escuderia italiana fez uma dobradinha.

A pole foi do próprio Leclerc, mas o seu então companheiro Vettel ficou com a vitória. Os tempos mudaram, mas a Ferrari recuperou sua força e pode ter bom rendimento. O favoritismo é de Verstappen.

Finalização no Pódio

Max Verstappen e Charles Leclerc são favoritos ao pódio e, por isso, suas odds são baixas na Betano: 1.25 e 1.45. Por isso, a dica é buscar o terceiro elemento, com odds mais altas.

George Russell tem quatro pódios nas últimas cinco corridas. Desde que chegou à Mercedes, não terminou no top 5 em apenas uma oportunidade. Assim, trabalhar com sua cotação de 2.25 tem valor.

Com 2.00, Carlos Sainz vai correr em uma pista onde a Ferrari tem bons resultados. Conhecido pela consistência no domingo, o espanhol paga o dobro para terminar o pódio.

Para Terminar no Top 6

Os favoritos para terminar no Top 6 são os seis pilotos de Mercedes, Ferrari e Red Bull. Por isso, as odds ficam abaixo de 1.25 para todos.

Porém, essa configuração só se confirmou em três corridas na temporada: Miami, Hungria e Itália. Logo, muitos “intrusos” conseguem ficar entre os seis primeiros.

Nas últimas seis corridas, Lando Norris (2.00) foi o sétimo colocado em cinco delas. Ou seja, o piloto britânico está próximo de romper essa barreira.

Além dele, vale a pena acompanhar Fernando Alonso (2.20), que antes de abandonar na Itália ficou entre os seis primeiros nas duas corridas anteriores.

Para Ambos os Carros Pontuarem

Aqui, a aposta é vencedora se os dois carros da equipe terminarem entre os dez primeiros. Naturalmente, as odds para as principais equipes do grid são baixas.

Por isso, o valor está nas escuderias do meio do pelotão. No momento, a Alpine é a principal escolha. A bet365 paga 1.72 para Ocon e Alonso pontuarem juntos.

Na última corrida, os dois ficaram de fora do top 10, mas isso só aconteceu em duas oportunidades na temporada. Antes de Monza, eles pontuaram juntos em cinco corridas seguidas.

Principalmente pela péssima fase de Daniel Ricciardo, a Alpine se consolidou como a quarta força do grid e tem tudo para botar os dois carros na primeira metade da classificação.

Qualificação Mais Rápida

A pole position é a posição mais concorrida da F1 2022. Nas 16 corridas da temporada, cinco pilotos diferentes já largaram da primeira posição.

Desde Leclerc no Azerbaijão (oitava corrida), ninguém conseguiu repetir a pole position. Aqui, a Ferrari parece ter mais chances de bater a Red Bull.

No momento, Max Verstappen (1.60) e Charles Leclerc (2.90) são os favoritos à pole position na Betfair. Muito rápido na classificação, a odd para o monegasco tem valor.

Vale também ficar atento a Sainz (8.00) e Russell (16.00), que também andam rápido aos sábados. Os dois primeiros treinos na sexta-feira podem indicar a chance de cada um na qualificação.

O GP de Cingapura da F1 2022 será realizado no próximo dia 2 de outubro. Crie sua conta na Betano e aproveite as ótimas odds para apostar nos melhores pilotos do mundo!

Escrito por:

Raphael Saavedra

Seja o primeiro a comentar