Conheça as hipóteses de Portugal no Campeonato do Mundo!

Está a começar o Campeonato do Mundo de futebol 2022, no Qatar, e Portugal é considerado um dos favoritos! Mas o peso da História é grande, e a equipa das Quinas nunca venceu um Mundial.
Duração: duracao tracejado
13 min
Redator: profile hexagon
Patrícia Barbosa
Publicado em: calendario
23/11/22

Está a começar o Campeonato do Mundo de futebol 2022, no Qatar, e Portugal é considerado um dos favoritos! Mas o peso da História é grande, e a equipa das Quinas nunca venceu um Mundial.

Neste artigo analisamos as suas possibilidades. O que esperar dos convocados? Qual a força real da equipa no momento atual? Como estão os seus adversários? Avalie a possível prestação de Portugal no Campeonato do Mundo e prepare os seus prognósticos de apostas em futebol!

Portugal no Campeonato do Mundo: a lista de convocados

O ponto de partida é a lista de jogadores convocados. Já é bem conhecida mas importa recordar:

Guarda-redes

  • Diogo Costa (FC Porto);
  • Rui Patrício (AS Roma);
  • José Sá (Wolverhampton).

Defesas

  • António Silva (Benfica);
  • Danilo Pereira (Paris Saint-Germain);
  • Diogo Dalot (Manchester United);
  • João Cancelo (Manchester City);
  • Pepe (FC Porto);
  • Nuno Mendes (Paris Saint-Germain);
  • Raphaël Guerreiro (Borussia Dortmund);
  • Rúben Dias (Manchester City).

Médios

  • Bernardo Silva (Manchester City);
  • Bruno Fernandes (Manchester United);
  • João Mário (Benfica);
  • João Palhinha (Fulham);
  • Matheus Nunes (Wolverhampton);
  • Otávio (FC Porto);
  • Rúben Neves (Wolverhampton);
  • Vitinha (Paris Saint-Germain);
  • William Carvalho (Betis). 

Avançados

  • André Silva (Leipzig);
  • Cristiano Ronaldo (Manchester United);
  • Gonçalo Ramos (Benfica);
  • João Félix (Atlético Madrid);
  • Rafael Leão (AC Milan);
  • Ricardo Horta (SCBraga).

Análise da equipa

Destacam-se as ausências de Diogo Jota (lesão), e certamente de Renato Sanches, Pedro Vieira, Pedro Gonçalves, Podence ou Gonçalo Guedes, por opção. Ainda assim, a maioria dos fãs e treinadores de bancada (para não falar dos apostadores) não fugiria muito a esta lista.

Espera-se que Bernardo Silva seja um dos principais criadores de jogo, ignorando-se se João Félix estará em vez de Bernardo ou juntamente com ele nessas funções. O jogo com a Nigéria (que analisaremos adiante) já deu indicações neste sentido.

Rafael Leão poderia constituir uma dupla de ataque interessante com Ronaldo, juntando a aceleração do jovem ao posicionamento e letalidade clínica do veterano. E ainda há Bruno Fernandes para municiar o ataque, como alternativa a Bernardo.

A convocatória de António Silva, bastante lógica mas algo surpreendente, revela que Fernando Santos está mais atento e aberto a mudanças do que os seus críticos diriam.

Portugal: o plantel com mais minutos

A Federação Internacional das Associações de Futebolistas Profissionais (FIFPro) trouxe um dado interessante. Fez um levantamento entre 12 de julho e 24 de outubro (o início da época 2022-23 e até agora) para determinar quantos minutos já jogaram os atletas convocados para este Mundial 2022.

Surpreendente? Ou talvez não. Portugal é, segundo este estudo, a seleção cujos jogadores acumularam mais minutos desde o início da época, seguida do Brasil e da Alemanha. Ainda que a metodologia para a elaboração deste estudo não tenha sido explicitada, é credível – a maioria dos jogadores portugueses é titular e peça-chave nos respetivos plantéis. Outras seleções combinam jogadores-estrela com outros que são “apenas” os melhores do seu país na posição.

Em fim de época, esta estatística indicaria cansaço. Mas em fim de outono, é cedo para tal – a equipa das Quinas está, toda ela, na máxima força.

Portugal: a quarta equipa mais valiosa

Segundo o Transfermarkt, Portugal é a quarta equipa mais valiosa entre as seleções que vão disputar este Campeonato do Mundo. As três equipas que batem a turma das Quinas são:

  • Inglaterra (1,26 mil milhões de euros)
  • Brasil (1,13 mil milhões de euros)
  • França (1,07 mil milhões de euros)

O valor coletivo dos jogadores portugueses ascende a 937 milhões de euros.

Ainda que o valor de mercado possa estar algo desfasado do rendimento em campo, este tipo de avaliações tem em conta a forma atual de cada atleta. Este é mais um fator a indicar que Portugal tem a responsabilidade de não se limitar a lutar pelo apuramento para os oitavos de final e aspirar a mais.

O caso Rafa

Rafa Silva merece um destaque extra, por estar ausente por opção do próprio. Uma renúncia à Seleção aos 29 anos é, basicamente, uma situação inédita e que deixa algum mal-estar. Apesar das razões pessoais invocadas pelo jogador, é inevitável especular-se sobre alguma insatisfação de Rafa com a equipa técnica.

Em entrevista recente e no estilo simultaneamente frontal e descontraído que lhe é próprio, Ricardo Quaresma aventou a hipótese de Rafa achar que era convocado apenas para preencher vagas e não se sentir parte do coletivo.

Quaresma relatou ter sentido isso em dado momento na seleção e aproveitou para elogiar Fernando Santos por, enquanto selecionador, ter feito com que ele fosse parte da equipa e da filosofia de jogo. Mas deixando a hipótese de Santos estar a deixar Rafa na situação em que ele, Quaresma, se sentiu com outros selecionadores.

Rafa é carta fora do baralho para os apostadores desportivos. Mas o caso pode ser indício de alguma falta de flexibilidade por parte de Fernando Santos quando à forma de gerir o plantel nas curtas semanas da competição.

O caso Ronaldo

Ao contrário de Rafa, Ronaldo é importantíssimo para o cálculo dos apostadores. Não só está na equipa de Portugal como, psicológica e politicamente, é quase o centro dela. O discurso dos convocados é unânime no apoio ao jogador e na desvalorização da polémica entre CR7 e o United.

É de crer que o próprio Bruno Fernandes, colega de Ronaldo em Manchester, tenha arranjado forma de se manter à parte. Resta saber se a equipa consegue “viver” sem depender do “penta Bola de Ouro” enquanto referência no ataque – ou se, pelo contrário, CR7 usa o Campeonato do Mundo para “dar a volta por cima”. Voltaremos a isto mais à frente.

Os últimos jogos de Portugal

Os jogos disputados em 2022 resultaram em seis vitórias (uma delas no único jogo não oficial da série, disputado contra a Nigéria em preparação para o Campeonato do Mundo), um empate e duas derrotas. Estas últimas, contra Suíça e Espanha, ficam na memória dos fãs comuns. Mas os apostadores que olham à “big picture” reconhecem que o saldo é positivo.

Portugal sofreu apenas quatro golos nestes jogos, e em fases finais de competições de seleções não sofrer golos é fundamental para chegar longe.

Análise do jogo com a Nigéria

O jogo particular com a Nigéria, realizado no estádio Alvalade XXI a 17 de novembro, é o único teste para aferir a forma imediata da seleção de Portugal para o Campeonato do Mundo que agora começa. Da goleada por 4-0 podemos tirar algumas conclusões:

  • A seleção está preparada, psicologicamente e taticamente, para jogar sem Cristiano Ronaldo se necessário. Já tinha, de resto, demonstrado sinais disso no passado.
  • João Félix jogou “solto” como raramente se vê no Atlético Madrid. O esquema tático de Fernando Santos parece favorecê-lo mais. Está prontíssimo para a titularidade, tendo participado em três dos quatro golos e gerado várias outras oportunidades.
  • Nuno Mendes e Dalot foram boas opções para estimular o início do ataque pelas laterais e entenderam-se bem com Bernardo Silva no meio.
  • Bruno Fernandes, sempre ao nível a que já nos habituou, faturou dois golos.
  • Rui Patrício está igualmente ao nível que esperamos dele; com o momento de forma atual de Diogo Costa, a baliza de Portugal no Campeonato no Mundo parece totalmente segura.

Análises de odds

Vejamos as principais odds apresentadas atualmente pelas casas de apostas nacionais, em média, para os mercados de Portugal no Campeonato do Mundo.

Jogos da fase de grupos

As odds de Portugal subiram ligeiramente com o bom resultado do Gana, mas não será fácil encontrar prémios acima de 1,50. Portugal continua a ser claro favorito para vencer o seu primeiro jogo do Campeonato do Mundo. Uma aposta ao arrepio do que preveem as estatísticas pode pagar prémios até 9.00 para uma vitória ganesa.

O Portugal vs Uruguai é quase um jogo de tripla. Há pouco mais de 1,00 de diferença entre a aposta na vitória portuguesa ou na uruguaia, com o empate pelo meio. Se está confiante que João Félix e Bruno Fernandes saberão contornar a defesa sul-americana, o prémio da vitória está acima de 2,00.

A Coreia do Sul torna a ser um adversário teoricamente mais acessível. As odds na vitória dos portugueses rondam os 1,50. Note que os resultados das duas primeiras jornadas poderão alterar decisivamente este cálculo até lá.

Classificação final do Grupo H

As casas estão a apresentar odds próximas de 1,45 para Portugal se classificar como vencedor do seu grupo neste Campeonato do Mundo. Será preciso, porém, que se apresente na sua melhor forma desde o primeiro momento.

O Gana surpreendeu ao vencer a Suíça por 2-0 em jogo particular. E do Uruguai, uma seleção com nomes fortes e onde Luis Suárez se destaca, e que está apenas cinco posições abaixo de Portugal no Ranking de Seleções da FIFA, há que esperar dificuldades.

Até onde chegará Portugal?

Claramente as casas esperam que Portugal se qualifique para os oitavos de final, pagando prémios inferiores a 1,20 para a aposta nesse mercado. Para as fases posteriores, o prémio vai aumentando. Vejamos as odds médias:

  • Quartos de final: 2,00
  • Meias-finais: 3,00
  • Final: 8,00
  • Campeão do Mundo: 14,00

Portugal está no grupo dos favoritos a vencer o Campeonato do Mundo, embora Brasil e Argentina estejam, ainda assim, no topo da lista, com odds abaixo dos 10,00.

Melhor Marcador da Seleção

Eis um mercado absolutamente fascinante. Cristiano Ronaldo “lidera”, com odd de apenas 1,40. A seguir vem Rafael Leão, com odd já superior a 5,00.

Mas e se CR7 não conseguir recuperar da época desapontante (e com pouco ritmo) que tem feito? E se Fernando Santos tiver de procurar alternativas? Será que Bruno Fernandes e João Félix não serão apostas interessantes?

Conclusão: aposte em Portugal no Campeonato do Mundo

De forma que muitos adeptos considerariam algo inesperada, as hipóteses de Portugal para conseguir bons resultados parecem confirmadas pela análise estatística (nomeadamente sustentada pelo teste nigeriano).

Daqui resulta que apostar em Portugal neste Campeonato do Mundo do Qatar provavelmente trará bons resultados, nomeadamente nesta fase de grupos, na qual a equipa das Quinas é clara favorita. 

Acompanhe o Odds Scanner para saber todas as novidades sobre odds, mercados, promoções e muito mais para apostar em futebol durante o Mundial 2022.

Escrito por:

Patrícia Barbosa

Seja o primeiro a comentar