tres tracos
Registar

João Félix tem mais 13% de golos por jogo no Atlético do que na seleção nacional

oddsscanner favicon
Escritor:
Diogo Cardoso
Publicado em:
21/04/2022
0 comentario

João Félix é um jogador muito pressionado no futebol europeu, senão vejamos o valor da sua venda para o Atlético de Madrid. Porém, será que os seus números são motivo para alarme ou de elogio?

De seguida vamos falar de números e comparar a sua performance com as suas passagens pela seleção nacional.

Uma referência no Benfica baixou o ritmo na Espanha

A passagem de João Félix pela equipa principal do Benfica não foi muito longa, mas suficiente para disparar os alarmes de um potencial enorme jogador. Na verdade, foram 43 os jogos em que vestiu a camisola principal dos encarnados, onde marcou por 20 vezes e ainda assistiu 11.

Todo o seu potencial mereceu uma transferência superior a 100 milhões de euros, o que pressionou bastante o jogador. Contudo, o seu início no Atlético de Madrid foi satisfatório, boas exibições, golos, assistências, mas o ritmo começou a ser mais baixo.

No Atlético de Madrid, o internacional português conta com 29 golos marcados e 15 assistências. Esperava-se mais e já vamos entender o motivo!

João Félix na seleção de Portugal

João Félix passou por vários escalões na seleção: sub-18, 19 e 21, chegando em 2019 à principal, graças a Fernando Santos. Conta com 22 internacionalizações, onde soma três golos marcados e ainda uma assistência. Mas vale realçar que só por uma vez realizou 90 minutos.

Os números de João Félix dão-lhe uma média de golos de 0,13 por jogo, muito baixo face à sua posição e movimentos dentro de campo.

Os números de João Félix no Atlético de Madrid

Há várias épocas que João Félix fez as malas para o Atlético de Madrid para disputar o campeonato espanhol ao lado de Diego Simeone. Hoje o avançado conta com 111 partidas disputadas pelo clube, 82 só para a La Liga. Contudo, os números são pouco impressionantes para aquele que aparentava ser uma futura estrela, mas o problema pode não ser o jogador.

Na verdade, o futebol do Atlético de Madrid não é o mais bonito de ser visto, nem o mais ofensivo e isso causa sempre impacto num jogador que gosta de estar presente no último terço ofensivo.

Olhando para os números, João Félix é autor de 29 golos e 15 assistências nas 111 partidas realizadas pelo clube espanhol, repartidas entre a La Liga, taça de Espanha e a Liga dos Campeões.

Assim, o avançado conta com uma média de 0,26 golos por jogo.

O melhor de João Félix em números

Para encontrar os melhores números do avançado português é preciso recuar à sua passagem pelo Benfica. Ainda que mais novo e menos maduro, a verdade é que o avançado conseguiu ser feliz nos 43 jogos realizados pela equipa principal encarnada, onde conquistou um título nacional.

O melhor de João Félix em números foi mesmo nesta passagem, ao contar com 20 golos marcados e 11 assistências. Em suma, uma média de 0,46 golos por jogo. Assim, percebe-se que os jogos em Espanha não se traduziram em melhores números ao longo das épocas.

João Félix ainda passou pelo plantel B encarnado e também pela Youth League. Aí, ainda menor de idade, arrecadou 44 jogos, finalizando 14 vezes e assistindo 6. A média de golos foi de 0,31, uma vez mais superior à no Atlético de Madrid.

A análise à sua carreira até ao momento

198 jogos, 63 golos e 32 assistências – estes são os números de João Félix em toda a sua carreira em equipas de futebol.

36 jogos, 9 golos e 3 assistências – são os números do avançado em todos os escalões na seleção portuguesa.

A média de João Félix não é a mais atrativa quando falamos de um avançado. Ainda que maioritariamente jogue como segundo avançado, a facilidade com que alcança a zona de finalização daria para números mais apelativos. Contudo, a tática do seu treinador também tem um grande impacto em inúmeros fatores.

Olhando para as suas passagens pela seleção nacional, o jogador raramente foi opção como avançado, mas sim como companheiro de Cristiano Ronaldo ou descaído nas alas, como extremo. Por isso, os números na seleção acabem por ser pouco atrativos, mas justificáveis.

Tudo demonstra que o seu melhor momento na carreira foi, de facto, a passagem pelo Benfica, onde conseguiu finalizar com muito mais afinco, mas onde também tinha maior liberdade para procurar a finalização.

Vale salientar que, se João Félix recuperar da sua lesão em breve e voltar a ser opção, esta poderá ser a sua a melhor época no Atlético de Madrid, uma vez que já tem o mesmo número de golos e assistências, e menos jogos, comparativamente às outras duas épocas que aqui jogou.

A média de golos de João Félix

Em resumo, entendemos que:

  • A média de golos no Atlético de Madrid é de 0,26, por jogo.
  • Na seleção portuguesa conta com uma média de 0,13, por jogo.

Em termos de assistências, que nunca foi a sua principal arma, João Félix conta com:

  • 0,04 média de assistências com a camisola de Portugal.
  • 0,13 média com a camisola do Atlético de Madrid.

Ainda que a sua melhor média de assistências tenha sido também no Benfica (0,25), o avançado tem números muito mais positivos no Atlético de Madrid do que na sua seleção.

Onde João Félix é mais feliz percentualmente

Visando o sucesso desportivo de João Félix como jogador do Atlético de Madrid, mas também como atleta português, vamos em diante analisar onde João Félix tem uma probabilidade maior de colocar a bola dentro da baliza.

João Félix tem várias internacionalizações na seleção de Portugal, mas apenas uma vez alcançou os 90 minutos jogados. Ficam explicados os seus números baixos aceitáveis, afinal, poucos são os minutos em que tem oportunidade de finalizar.

Já como jogador do Atlético de Madrid, João Félix jogou em várias posições, desde extremo direito/esquerdo a ponta de lança e segundo avançado. Mesmo com momentos altos e baixos e muitas críticas dos adeptos, a verdade é que João Félix está em crescimento e os seus melhores números podem ser alcançados na presente época.

Depois de analisado todo o percurso de João Félix, chegamos à conclusão que o avançado tem mais 13% de chances de marcar golo com a camisola do Atlético de Madrid do que quando joga pela seleção de Portugal.

O impacto de João Félix é mais sentido na equipa espanhola, mais propriamente na La Liga.

O que esperar de João Félix no futuro próximo

Mesmo sendo cada vez mais visado pelos adeptos, a verdade é que João Félix está a apenas a um golo da sua melhor época no Atlético de Madrid. Ainda que lesionado, o jogador deverá recuperar rapidamente e alcançar a sua melhor época em Espanha.

Olhando para o presente, a verdade é que está a demorar a justificar o investimento dos espanhóis, mas a pressão criada também não deixou que João Félix se tornasse consistente.

Por isso, o futuro de João Félix passará por ser consistente e demonstrar toda a sua qualidade. Perante a iminente saída de Cristiano Ronaldo da seleção de Portugal num futuro próximo, este jogador poderá ser a próxima arma a ser preparada para o último terço da seleção das Quinas.

Qual a melhor posição do avançado português

João Félix é um jogador versátil no eixo ofensivo, chegando a conseguir ser mais eficaz em algumas zonas do campo. Nos 24 jogos realizados na presente época ao serviço do Atlético de Madrid, foi mais eficaz como ponta de lança, embora não sendo a sua posição de raiz.

Todavia, é como segundo avançado que a sua classe é vista com maior facilidade, sendo autor de menos golos, mas de mais assistências. Diego Simeone acaba por ter uma tarefa difícil quando opta por o colocar em campo, afinal, é seguro em ambas as posições.

Aposta desportiva em João Félix

Como pode ser verificado nas casas de apostas, João Félix tem cotações bastante aliciantes (no que toca ao português marcar um golo) e isso deve-se à sua média muito baixa. Contudo, como frisamos, está à distância de um golo para estar perante a sua melhor época no Atlético de Madrid.

Após João Félix recuperar da sua lesão, e quem gosta de realizar apostas desportivas de risco, pode ficar atento à probabilidade de João Félix marcar um golo.

Nas últimas cinco partidas, foi feliz por duas vezes, contra o Alavés. Agora, o futuro próximo pode ditar um novo golo do internacional português!